RÁDIO AMBRÓSIO PUBLICIDADES

blog

blog

terça-feira, 23 de maio de 2017

Comitê da Seca discute em Iguatu crise de abastecimento de água

Na manhã desta segunda-feira, 22, foi realizada no auditório do Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira, na cidade de Iguatu, a reunião itinerante do Comitê Integrado de Convivência com a Seca do Estado. O secretário de Desenvolvimento Agrário,  Dedé Teixeira, disse que a situação de escassez de recursos hídricos é grave no Ceará. “O nosso objetivo é colher as demandas dos municípios, das áreas rurais e dos centros urbanos e adotar as medidas para que nenhuma cidade sofra colapso no abastecimento”, frisou. “Daí a importância desses encontros nas cidades, uma vez por mês”.
O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, disse que o município já começa a buscar alternativas, fazer estudos para assegurar o abastecimento de água dos moradores da cidade. “Estamos realizando estudos para perfuração de poços profundos na bacia da lagoa do Julião e a água poderia ser injetada na adutora do Trussu, no futuro, em caso de necessidade”.
A prefeita de Icó, Laís Nunes, solicitou a implantação de uma adutora da localidade de Pedrinhas e perfuração de poços profundos.
Já a prefeita de Quixelô, Fátima Gomes, disse que a situação do município é grave e que precisa de uma solução urgente. “Os açudes secaram, não adianta carro pipa porque não tem de onde tirar água”, frisou. “Uma alternativa seria a adutora do Trussu”.
A deputada estadual, Miriam Sobreira, destacou a discussão coletiva dos problemas de abastecimento dos municípios da região.  “Precisamos economizar água e a imprensa deve ser nossa aliada na campanha de uso consciente da água”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário