blog

blog

terça-feira, 6 de junho de 2017

Agricultores cadastrados no PAA entregam primeira remessa de produtos para o Banco de Alimentos

Imagem inline 3
Produtores rurais de Juazeiro do Norte entregaram a primeira remessa de alimentos, comercializada por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), nesta segunda-feira, 05. Os produtos foram entregues na sede do Banco de Alimentos, que é de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST). No primeiro dia, 20 agricultores fizeram a entrega de 4 mil kg de alimentos, que serão destinados a equipamentos socioassistenciais que assistem atendem pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar, a exemplo do Restaurante Popular e Cozinhas Comunitárias.
No total, 390 agricultores estão cadastrados no programa, que tem a finalidade de fomentar a agricultura familiar e melhorar a vida de diversos produtores rurais, por meio da compra dos alimentos cultivados, com dispensa de licitação. Esses alimentos serão distribuídos gratuitamente aos nove Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), ao Restaurante Popular, 42 entidades socioassistenciais cadastradas na SEDEST e futuramente fornecerá o nutrimento das famílias cadastradas nas Cozinhas Comunitárias, que devem reabrir em breve.
Agendamento - As compras são feitas através de agendamento. Para o dia de abertura, vinte produtores rurais realizaram a entrega dos alimentos. Na ocasião, as entidades beneficiadas pelo Banco de Alimentos assinaram um termo de compromisso.
Banco de Alimentos - Promover a segurança alimentar e nutricional, valorizar a agricultura familiar e combater o desperdício de alimentos são tarefas constantes executadas pelo Banco de Alimentos. “Ao longo desses primeiros meses de gestão, foram feitas reuniões, cadastros e reuniões que foram importantes para o dia de hoje, de abertura dos recebimentos. Estamos muito felizes e esperamos contribuir cada vez mais para que a agricultura familiar seja valorizada”, afirma a coordenadora do PAA, Daniele Tomaz Bezerra. Para os agricultores, se cadastrar no programa é importante para a organização produtiva e econômica no meio rural. “O apoio da gestão é muito importante. A agricultura tem um povo muito sofrido. Desde que foi implantado o programa, tivemos uma melhora grande, com a venda certa”, afirmou o agricultor, José Pereira da Silva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário