blog

blog

sábado, 17 de junho de 2017

Municípios cearenses realizam diversas festividades juninas


A exemplo do ano passado, o Festival de Quadrilhas Juninas de Sobral vai contar com disputas nas categorias municipal, regional ( Foto: Luiz Queiroz )

Sobral/Iguatu/Juazeiro do Norte. Iniciadas no dia 13 de junho, data em que se celebra, Santo Antônio, popularmente, como casamenteiro, as festividades juninas já podem ser observadas em diversos municípios cearenses, onde o calor das fogueiras e o colorido dos balões e bandeirolas, se misturam à alegria das danças, da degustação de comidas típicas e dos movimentos cuidadosamente coreografados, ao ritmo contagiante do forró e do baião, músicas que, apesar dos experimentos sonoros atuais, ainda traduzem a animação popular, que dá um fôlego todo especial às apresentações das quadrilhas juninas.
O rodopiar das volumosas saias e os gritos e palmas dos animados casais que, ora se misturam, ou se separam, energicamente, ainda acompanham o soar da zabumba, do triângulo, da sanfona e do pandeiro, base do legítimo Forró Pé de Serra, acompanhados por centenas de ouvidos e olhos atentos, aguardando cada apresentação, encenação do "Casamento Matuto".
São João Batista, celebrado no dia 24, é considerado o santo mais próximo de Jesus, já que, segundo a Bíblia, além de ser seu parente de sangue, Cristo foi batizado por João às margens do Rio Jordão.
Outro santo de destaque, nesse período, é São Pedro (dia 29) que, além de ser um dos apóstolos mais próximos de Cristo e, posteriormente à morte Dele, ter sido o fundador das bases da Igreja Católica, também ganhou a fama de ser o portador das chaves do Reino dos Céus, após o Evangelho de Mateus trazer a passagem em que Jesus diz: "Eu te darei as chaves do Reino dos Céus e o que ligares na Terra será ligado nos céus".
Festivais
Na região Centro-Sul do Ceará, as cidades de Iguatu e Várzea Alegre promovem seus festejos juninos, com a realização de shows e festival de quadrilhas. Em Iguatu, o "Arraiá do Povo", iniciado na última quarta-feira (14), se estende até esse domingo (18), no Parque de Exposição do Rotary Club de Iguatu, onde as apresentações das quadrilhas juninas e de artistas de palco, são realizadas dentro de uma cidade cenográfica, com praça de alimentação (comidas típicas). No local, participam 35 quadrilhas de escolas e comunidades, em disputa local e regional, no já tradicional festival da cidade.
A cidade de Várzea Alegre realizará, de 26 a 28 de junho, o seu XIII Festejo Várzea Alegre Junina. Esse é um dos eventos mais tradicionais e deverá contar com a participação de 12 quadrilhas juninas para disputar premiação, no valor total de R$ 6.500, a serem divididos entre os vencedores. As quadrilhas ainda recebem troféus e medalhas. O XIII Festejo Várzea Alegre Junina é um evento regional, que ocorre nos dias 26 e 27, com apresentação de quadrilhas, formadas por adultos. No dia 28, também ocorre o 34ª Forró de São Pedro do CSU. As atrações para este evento ainda serão definidas pela organização.
Região da Ibiapaba
Neste período, a Secretaria de Cultura de Ipu, com apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), instalado naquele município, busca valorizar as tradições juninas da Serra da Ibiapaba e de seu entorno, com o incentivo às tradicionais apresentações de dança, roupas e comidas típicas, por meio do XV Festival de Quadrilhas Juninas de Ipu. As quadrilhas da cidade se encontram numa grande festa, que atrai grupos de Guaraciaba do Norte, Croatá, Hidrolândia, Pires Ferreira, Ipueiras, Carnaubal, Reriutaba, Cariré, Varjota, Graça, Coreaú, Uruoca, Moraújo, Frecheirinha e Martinópole. Segundo a secretária de Cultura de Ipu, Sônia Ponte, "essas apresentações compõem a seletiva da Região da Ibiapaba 2, num total de 13 seletivas realizadas por todo o Ceará, das quais resultará a etapa final, que será realizada em Fortaleza. Iniciadas, na sexta-feira (16), as disputas da nossa região, se encerram neste sábado (17), no Ginásio Coberto Abdoral Timbó", informou.
Na praia
O também tradicional Festival de Quadrilhas de Camocim, no Litoral Oeste, em sua 29ª edição, será realizado de 30 de junho a 2 de julho. Segundo a Secretaria de Cultura, a licitação para contratação da prestação de serviço de organização, produção e realização foi no dia 1º deste mês. Já, o chamado "Quadrilhão", que sempre antecede a disputa junina, foi realizado no último dia 3, com a seleção dos grupos que se apresentam no último dia de festejos. Os shows musicais e demais apresentações serão realizados na Praça de Eventos do Odus, na Orla da cidade.
Vale do Acaraú
Marcadas para serem realizadas de 29 de junho a 1º de julho, as festividades de Sobral trarão atividades culturais, apresentadas numa cidade cenográfica, montada na margem esquerda do Rio Acaraú. O 21° Festival de Quadrilhas Juninas de Sobral, com feira de artesanato e shows musicais, vai contar com disputas nas categorias municipal, regional, além de mostra com quadrilhas de toda a Região Norte. Segundo o secretário da Cultura, Igor Bezerra, neste ano serão priorizadas as apresentações de grupos e artistas locais. "A programação de shows musicais do São João de Sobral 2017 ficará por conta dos violeiros e repentistas, que mantêm vivas as tradições populares do nosso povo. Além do que, esse intercâmbio cultural garante um aumento no fluxo de pessoas de toda a região, que impacta na economia da cidade, durante esses três dias de visitação", afirmou.
"Os visitantes vão circular por um espaço seguro, com o apoio da Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. As pessoas vão ter acesso ao Espaço Matutinho (atividades infantis), Feira de Artesanato, Feira de Comidas Típicas, Feira Orgânica, Exposição Memórias do Festival de Quadrilhas, Fogueira Cenográfica, Casa do Vaqueiro, além de Bodega e Cachaçaria", informou Artur Paiva, coordenador de Cultura de Sobral e complementou. "Após apresentações competitivas municipais e mostras de quadrilhas convidadas, nos dois primeiros dias, o terceiro dia será reservado à disputa do Festival Regional de Quadrilhas, que é o último passo para o Festival Estadual".
Cariri cearense
A maior cidade do Interior vai resgatar a tradição da sanfona a partir do próximo dia 23. O São João de Juazeiro do Norte se dividirá em três modalidades, todas com o objetivo de resgatar as tradições juninas, valorizando o "São João raiz", quando serão realizados arraiais em bairros e sítios, com apresentações dos grupos de tradição locais. A Banda de Música Municipal tocará, entre os dias 23 e 30 de junho, um repertório voltado ao "Pé de Serra", nas praças da cidade. Ao todo, 15 bairros serão contemplados com apresentação de 22 quadrilhas juninas e 17 grupos de tradição. Nos sete dias de arrasta pé, serão realizados 17 arraias. O valor total investido nos festejos foi de R$ 131 mil.
Programação
XV Festival de Quadrilhas de IPU
17 de junho - a partir das 17h
Ginásio Coberto Abdoral Timbó
XXI Festival de Quadrilhas de Sobral
De 29 de junho a 1° de julho - a partir das 17h
Margem Esquerda do Rio Acaraú
'Arraiá do Povo', de Iguatu
Até 18 de junho - a partir da 17h
Parque de Exposição do Rotary Club
XIII Festejo Várzea Alegre Junina
De 26 a 28 de junho
34ª Forró de São Pedro do CSU
Várzea Alegre
Dia 28 - a partir das 17h
29° Festival de Quadrilhas de Camocim
De 30 de junho a 2 de julho - a partir das 17h
Na Praça de Eventos do Odus
São João de Juazeiro do Norte
De 23 a 30 de junho
Bairros e sítios de Juazeiro do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário