RÁDIO AMBRÓSIO PUBLICIDADES

blog

blog

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Polícia investiga latrocínio de casal

tab
Um homem e uma mulher que trabalhavam em uma farmácia em Sobral foram assassinados com tiros na cabeça em um assalto em uma rodovia estadual, no município de Massapê, a cerca de 251 km de distância de Fortaleza, na noite da última quarta-feira (21). Sem muitas informações até agora sobre o latrocínio, a Delegacia Municipal de Massapê, da Polícia Civil, começou a investigação do caso ontem.
De acordo com o titular da Delegacia Municipal, Márcio Luiz Ferreira, as vítimas, que não tinham relacionamento amoroso, estavam se deslocando de onde moravam, em Massapê, para trabalhar na farmácia, no turno da madrugada, em Sobral, quando foram surpreendidas pela ação criminosa, na rodovia CE-362, próximo à saída do Distrito de Mumbaba de Baixo, por volta de 23h.
Segundo o delegado Márcio Luiz, não há testemunhas oculares do latrocínio até agora e a localidade, em plena rodovia estadual, tem poucas residências e nenhuma câmera de monitoramento próxima, o que está dificultando a investigação.
Colaboração
"A gente está procurando identificar câmeras ou pessoas que tenham visto as vítimas e pedindo, pelas redes sociais, para as pessoas colaborarem com as investigações da Polícia", afirmou Luiz.
Os corpos foram encontrados por populares, que acionaram a Polícia. As vítimas foram identificadas como Antônio Gleison do Carmo de Maria, de 25 anos, e Lorena Lima de Farias, de 31. Eles foram mortos com tiros de pistola calibre 6.35, na cabeça. Os dois estavam sem pertences pessoais, o que faz a Polícia Civil acreditar que celulares, mochila e bolsa foram levados no assalto. Familiares informaram que eles saíam todos os dias, a essa hora, em uma motocicleta, para trabalharem na farmácia, em Sobral.
O veículo foi subtraído na ação criminosa e ainda não foi localizado. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce)e equipes da Polícia Civil também compareceram à cena de crime para levantar as primeiras informações do latrocínio, que irão colaborar para a investigação da Polícia Civil. Até o fechamento desta edição, os acusados do crime não haviam sido identificados.
Números
Segundo os registros diários de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), dispostos no site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), aconteceram 34 latrocínios no Ceará, neste ano, até o último dia 19 de junho. O mês que houve maior recorrência foi janeiro, com 11 roubos seguidos de morte.
Em comparação com período igual de 2016, quando a Polícia registrou 45 ocorrências, o número de latrocínios do ano corrente é 24,44% menor. Os meses de fevereiro e abril do ano passado tiveram mais casos de roubos que terminaram em morte, com 10 registros cada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário