blog

blog

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Agricultores se entusiasmam com clima e iniciam o plantio de sementes no sertão

Canindé
O cenário é de alegria no sertão. A terra já começou a ficar úmida com as chuvas dos últimos dias e muitos agricultores já iniciaram o plantio das suas sementes. Os grãos de milho e feijão do programa Hora de Plantar, distribuídos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) já chegaram a várias regiões do Ceará. O trabalho já foi iniciado nos roçados dos municípios do Sertão Central.
Em Canindé, as sementes chegaram na segunda-feira (20). Segundo o gerente local da Ematerce, Osvaldo Magalhães, no Município estão sendo distribuídos nove mil quilos de feijão23 mil quilos de milho e 1.500 quilos de sorgo. O quilo da semente de milho para pantio está sendo comercializado a R$ 2,40 e o feijão a R$ 6,40. A Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos do Município está realizando a entrega nas comunidades.
Este ano houve mudanças na entrega dos grãos. ‘’Só poderão receber as Associações, representadas pelos seus presidentes. Os beneficiários diretos do programa devem ser prioritariamente os agricultores familiares e assentamentos rurais inscritos no Garantia Safra, contemplados com o programa de mecanização agrícola”, acrescentou a prefeita de Canindé, Rozario Ximenes.
Noutro município da região, Boa Viagem, entusiasmados com o clima e as chuvas mais recentes, quem tinha estoque de sementes também começou a plantar. Nos últimos cinco anos os roçados vinham sendo castigados pela seca, mas a natureza deu uma trégua. A água inclusive já começou a chegar ao açude Vieirão e a equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto(SAAE) do Município começou a retirar as bombas de captação que abasteciam a cidade através de poços, explicou o diretor do SAAE, Odécio Vieira.
Em Quixadá, a Ematerce recebeu as sementes do Hora de Plantar na tarde da última quarta-feira (15). Conforme a gerencia local são 22 toneladas. Serão distribuídas com pouco mais de 800 agricultores cadastrados. Dentre as espécies entregues, além do milho híbridomilho variedade e do feijão, também estão sacas de mamona, apesar de a usina de biodiesel da Petrobras ter sido desativada. Era a empresa quem comprava as produções da oleaginosa.
Segundo o Governo do Estado o programa de auxílio a agricultores familiares aumentou de 132 mil para 150.639 o número de beneficiados. O projeto distribuirá 3.217 toneladas de sementes e 7.555.181 mudas. A ação tem investimento do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), no valor total de R$ 17,2 milhões. Participam do Projeto 182 municípios, ficando de fora apenas Fortaleza e Eusébio, que não possuem zona rural.
Os armazéns regionais de distribuição estão localizados em FortalezaMorada NovaTianguáMarcoCampos SalesBarbalhaMilagresIguatuQuixeramobimCrateús e Tauá. Dos armazéns regionais, as sementes serão apanhadas pela Ematerce para os municípios e a partir daí serão distribuídas para os agricultores familiares. As mudas de cajueiro anão precoce, essências florestaispalma forrageira e manivas, são entregues pelos fornecedores diretamente nos municípios.
Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário