blog

blog

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Pequeno produtor tem freguesia diária garantida

Image-0-Artigo-2203371-1
Além de o terreno ser plano, a única diferença é a localização, dentro da cidade. Quanto às técnicas, "Toinho" confessa ter aprendido tudo com os pais
Senador Pompeu. Quando resolveu seguir os passos da mãe, o verdureiro Antônio Lucimário Machado, 50, conhecido por "Toinho", percebeu que conselho materno é sempre bom, para a saúde e para o bolso. Hoje, as verduras e hortaliças produzidas no seu quintal têm procura diária garantida. Mesmo arrendado de um amigo, o espaço de pouco mais de 3 mil metros quadrados assegura o sustento da família e dá mais sabor à mesa de várias casas de Senador Pompeu e de cidades vizinhas.
Leia mais
A receita do interesse está em não utilizar nenhum tipo de agrotóxico na produção do coentro, da cebolinha, da alface e do pimentão. Às vezes planta também batata-doce. As galinhas caipiras, os capotes, os patos e porcos recebem rações especiais, naturais. E, para completar o saudável cardápio, tem ainda acerola, manga e até coco. Tudo segue o modelo dos quintais produtivos existentes nas zonas rurais. Além de o terreno ser plano, a única diferença é a localização, dentro da cidade. Quanto às técnicas, "Toinho" confessa ter aprendido tudo com os pais. Além de observar, acompanhar e das orientações diárias, percebeu o interesse da freguesia por alimentos saudáveis, puros.
"O modelo é o mesmo dos espalhados pelo sertão. A água vem do Rio Banabuiú, logo abaixo. Quando está seco, é captada em um cacimbão, no aluvião do leito. A única diferença está na localização do terreno, hoje em área urbana. Mesmo assim, é possível conviver pacificamente com a vizinhança. Eles respeitam e até colaboram pela preservação da natureza", comenta.
As verduras mais vendidas são alface e cebolinha. A comercialização é feita de duas formas. Uma delas por unidade, ao custo de R$ 1. A outra é a venda do canteiro, para os comerciantes, na maioria proprietários de mercadinhos. Mas quem preferir, pode comprar diretamente na horta. O período médio de produção das verduras é de 22 dias.
O quintal de "Toinho" lembra os sítios serranos, embora rodeado de casas. O local está sempre limpo. Ele recebe elogios dos clientes e dos vizinhos.
Mais Informações:
Quintal do Toinho
Beco do Cical S/N
Senador Pompeu
Telefone: (88) 9 9914-9110

Nenhum comentário:

Postar um comentário