quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Avianca Brasil analisa manter a rota de Juazeiro para Brasília


Na última terça-feira (29), foi informado pelo site que a rota servida pela Avianca Brasil com destino a Brasília, no Aeroporto de Juazeiro do Norte, iria perdurar até o próximo dia 21 de março, e que a rota seria descontinuada. No entanto, a assessoria da companhia analisa a permanência do voo para a próxima temporada, que inicia em abril.

A informação da descontinuação da rota havia sido confirmada através de registros disponibilizados em planilhas de serviços aéreos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que atualiza diariamente os dados. Nesta ainda consta operações do voo ONE6125 e ONE6124 até o dia 21 de março, que são os respectivos números das rotas saindo de Juazeiro do Norte, que tem como destino e origem o Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília.

No entanto, a Avianca desde então não havia solicitado a renovação de voos para a próxima temporada, que segundo a Anac se inicia no dia 31 de março. Nem mesmo a aérea havia indícios da permanência da rota, que já havia sofrido reduções desde 2018.

Em nota, a companhia informou que está avaliando o trecho entre Juazeiro do Norte e Brasília, e que admite estudar a permanência da rota em sua malha de voos nacionais. A frequência irá permanecer em dias alternados, como já fazia desde o fim do ano passado. A aérea disse também estar prestando total assistência para àqueles que compraram bilhete e tiveram voo cancelado ou reposicionado, lamentando demais transtornos.

Infraero
A Infraero, até o momento, não se posicionou acerca da permanência ou não deste voo no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes. No entanto, foram ventiladas informações de que funcionários da estatal no terminal juazeirense haviam repassado informações acerca do caso.

Em informações divulgadas a reportagem em demais notas, a Infraero reitera sempre que dados oficiais sobre todas as decisões e ações em terminais aeroportuários administrados por ela devem ser veiculadas conforme autorização da mesma por nota oficial encaminhada a todos os veículos de comunicação. Informações ou fatos divulgados de forma não oficial por representantes ou funcionários da estatal podem não ser reais, e podem ainda acarretar processo judicial. Site Badalo

Mulheres cacheadas e crespas se reúnem em Juazeiro do Norte para trocar dicas e experiências


Mulheres crespas e cacheadas se encontram neste domingo para evento sobre beleza negra (Foto: Divulgação)
Acontece neste domingo, 3, a segunda edição do Encontro de Cacheadas e Crespas do Cariri, evento que deve reunir cerca de 200 mulheres na quadra do Poliesportivo, em Juazeiro do Norte.

O encontro tem como objetivo trabalhar a auto-estima de meninas e mulheres negras ou não, que tenham cabelos étnicos ou com a característica de cachos ou crespos, pautando a auto-aceitação, o empoderamento e aprendizado com os cuidados desses tipos de cabelo.

Na programação do encontro, bate-papos sobre transição capilar e química, demonstrações de produtos, oficinas de penteados e turbantes. 

"A ideia surgiu a partir de conversas com minhas clientes no salão, onde elas me falaram sobre as dificuldades na transição, a falta de informação e motivação em cuidados com seus cabelos naturais", conta Damiana Cruz, cabeleireira especializada e organizadora do evento. "É um tratamento de empoderamento", afirma.

O evento é gratuito, mas com inscrições prévias limitadas. A entrada é a penas 1 kg de alimento não perecível ou 1 fralda geriátrica, que serão destinados à instituições de caridade.

SERVIÇO
II Encontro de Cacheadas e Crespas do Cariri
Domingo, 3, das 13h às 17h
Quadra do Poliesportivo, em Juazeiro do Norte. 
Mais informações: 88 9 9245-3882   Site Miséria

Sesc Crato recebe propostas para o projeto Sesc Cordel

(Foto: Antônio Rodrigues)
Com intuito de valorizar e promover a literatura de cordel, o Sesc Crato está recebendo propostas para lançamentos de cordel no projeto Sesc Cordel, para composição da programação ao longo do ano de 2019. O período de recebimento das propostas será de 4 até 28 de fevereiro de 2019.

Os interessados devem encaminhar as propostas para o email msantana@sesc-ce.com.br, com cópia para trlima@sesc-ce.com.br e rcbezerra@sesc-ce.com, contendo as seguintes informações: texto do cordel (digitado em formato Word, tamanho 12); dados biográficos (digitado em formato Word, tamanho 12); capa do cordel (observar a Lei de Direitos Autorais); título e subtítulo da obra, se houver; telefone e e-mail para contato; nome completo e nome artístico.

As propostas serão avaliadas por uma curadoria formada por técnicos de literatura, onde serão observados: métrica, rima, relevância do tema, criatividade, originalidade, clareza no texto, e adequação à identidade institucional: afinidade com os valores, diretrizes e Política Cultural do Sesc. Os selecionados serão contatados por telefone ou email e o agendamento será feito conforme interesse e programação do Sesc.

O projeto Sesc Cordel acontece de forma mensal, com lançamentos sempre na última segunda-feira de cada mês, na Feira Livre do Crato. Serão disponibilizados uma tiragem de 200 unidades do cordel, sendo 50 distribuídos gratuitamente no lançamento e outras 50 unidades ficam arquivadas na Cordelteca Luciano Carneiro para consulta. Os 100 exemplares restantes ficam sob a posse do autor.

A unidade Crato do Sesc não disponibiliza cachê para os cordelistas e não se responsabiliza por gastos de deslocamento ou outras despesas. A capa do cordel é de total responsabilidade do autor, seja ela xilogravura ou outra imagem. Blog Diário Cariri

60 toneladas de velas são fabricadas durante Romaria de Candeias em Juazeiro do Norte


Nesta fábrica de Juazeiro do norte são fabricadas mais de 45 toneladas de velas ao mês. (Fotos: Normando Sóracles)
Impulsionados pelas romarias, pequenos empresários em Juazeiro do Norte enxergam negócios em praticamento tudo. Do alumínio à rapadura, passando pela água do Padre e hospedagem, há ainda um mercado consolidado na fabricação de velas artesanais, que durante os festejos religiosos aumentam em até 30%, chegando a quase 60 toneladas de velas.

"Todos que chegam em Juazeiro acendem uma vela", refletiu o empresário Francisco de Assis Alencar, em 1995, quando começou na produção desse item indispensável em missas, procissões e renovações. 

No quintal de casa, durante a Romaria de Nossa Senhora das Candeias, derreteu e moldou cera reutilizada formando uma vela artesanal. Mais de 20 anos depois mantém uma fábrica com 40 funcionários empregados diretamente. 

Durante as romarias, mais de 4 mil unidades são confeccionadas por dia, aumentando a produção de 45 toneladas por mês para quase 60 toneladas. Para Candeias, são fabricadas velas especiais, mais longas, planejadas para durar todo o percurso da tradicional Procissão de Luzes.

A excepcionalidade fica com a Romaria de Finados, maior de Juazeiro, quando a produção quase triplica devido a alta demanda. 


O mercado de velas sai de uma crise nacional. Desde 2008 passa por altos e baixos devido ao preço e até mesmo a falta da parafina, matéria-prima.  

Exportando velas de Juazeiro para todo o Ceará, Paraíba, Pernambuco e algumas cidades de Alagoas, Francisco estima faturamento anual de R$ 3 milhões e significativo impacto na economia local, com criação de empregos, vagas temporárias e mesmo trabalho informal dos ambulantes que revendem à própria vontade nas ruas da cidade.   Site Miséria

Espedito Seleiro viaja a Londres para exposição


Da cidade de Nova Olinda para o mundo, Mestre Espedito Seleiro, com suas peças em exposição na cidade de Fortaleza, agora embarca para a capital inglesa, na Europa, para mostrar seu trabalho na Embaixada Brasileira em Londres, entre os dias 15 e 22 de fevereiro.

O acervo contém diversas peças com costuras e desenhos no couro, marca característica de Seu Espedito. A exposição é promovida pelo Serviço de Aprendizagem Nacional (Senac) do Ceará. O livro “Meu Coração Coroado”, uma biografia do Artesão e Mestre da Cultura produzido por Eduardo Motta, também fará parte da exposição.

História que atravessa gerações
Filho de vaqueiro, Seu Espedito aprendeu com o pai o ofício que hoje carrega no nome muito novo, aos oito anos de idade. Sendo o mais velho de dez filho, ficou para ele o encargo de sustentar a família após o falecimento do pai.

Mestre Espedito é pioneiro em colorir o couro, tornando-se um investigador de pigmentos naturais e técnicas de tingimento no material, descobrindo o angico, que tinge de marrom, o urucum, que pinta de vermelho e a capimbeira com o cinza.

Hoje tem em sua oficina um ambiente familiar, com filhos, netos, sobrinhos, noras e genros trabalhando consigo. “Do jeito que você pega uma carta e vai escrevendo, do mesmo jeito é eu quando faço uma peça. Eu nasci nisso e continuo passando pros netos, filhos…”, conta Mestre Espedito.  Site Badalo

Casa Museu do Padre Cícero: superstições, promessas e histórias em cada cômodo


Coordenada pelo Salesianos, a Casa Museu estima receber 250 mil pessoas por romaria (Foto: Alana Soares)
Aberta ao público desde 1957, a Casa Museu do Padre Cícero recepciona milhares de fiéis e devotos que visitam Juazeiro do Norte todos os anos. O espaço atrai a atenção dos romeiros por ter sido moradia do Padre durante seus últimos anos de vida (1932 a 1934), já recluso e proibido de exercer o sacerdócio.

Dentro e fora da casa, romeiros se enfileiram para andar por onde o "Padim" andou. Com parte da mobília e diversos objetos pessoais do Padre em exibição, a Casa Museu se tornou ponto de adoração o ano inteiro.

Muitos se ajoelham e murmuram palavras junto ao confessionário doméstico como se alguém estivesse sentado do outro lado para os ouvir. Outros tantos tocam nos objetos, esfregam as mãos, braços e pernas nas estátuas para que Padre Cícero abençoe. Segundo revela coordenador voluntário Cícero Éder da Silva, "faz parte da cultura romeira. Eles sentem a necessidade de tocar nos objetos para receber graça".

Cícero Éder, estudante de História e voluntário na Casa Museu. (Foto: Alana Soares)
Cada cômodo abriga uma história diferente sobre a vida e os feitos de Cícero Romão Batista e revelam mais ainda sobre seus devotos, que não deixam os mitos e as crenças desaparecerem.


Algumas superstições atravessam gerações, como a mesa que só pode ser levantada por aquele sem pecados ou o osso de baleia pendurado no qual romeiros se esfregam três vezes em busca de cura.

"Tudo que chega no Museu acaba ganhando um sentido religioso muito forte. Esse osso de costela de baleia não era de Padre Cícero. Ele foi enviado para cá como pagamento de promessa há muitos anos. Como ela está aqui, os romeiros já dão um significado", Éder explica.

Para alguns romeiros é impossível vir a Juazeiro e não passar na Casa Museu, seja para deixar um pedido e um presente na antiga cama do padre - que está em exibição - ou para colar uma foto no grande mural de graças.

Segundo a lenda romeira diz, se esfregar no osso da baleia cura doenças (Foto: Alana Soares)
SERVIÇO
Casa Museu do Padre Cícero
Rua São José, centro - Juazeiro do Norte
Horário de Funcionamento:
Dias úteis 8h às 11h - 13h às 17h
Dias de romaria 7h às 17h sem interrupções   Site Miséria

Relatório aponta que Ceará tem oito açudes em situação de alto risco

Açude Lima Campos, em Icó, está em situação
mais grave: tem um enorme buraco e mais
outros de dimensão menor nas duas faces da parede.
(FOTO: HONÓRIO BARBOSA / Diário do Nordeste)

Em consequência da tragédia de Brumadinho (MG), a gestão da estrutura de recursos hídricos virou fator de preocupação em todo o País. No Ceará, o cenário não é diferente, apesar de as chances de rompimento de barragens serem inferiores, devido ao sistema estar com volume baixo, em 10,5%.

Segundo relatório de Segurança Hídrica de 2017, da Agência Nacional de Águas (ANA), o Ceará tem oito açudes em situação de alto risco. Destes, sete são de responsabilidade do Dnocs e um da Cogerh, o Jaburu. Localizado na Ibiapaba, foi construído em área de estrutura geológica não favorável. "De vez em quando apresenta vazamentos", diz Francisco Teixeira, titular da Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), que ontem participou de reunião com diretores da agência.

"Não é porque uma barragem está em alto risco que vai romper da noite pro dia. Geralmente conseguimos saber quando uma barragem está para romper. 

Para isso fazemos ações preventivas e corretivas", ressalta. Há um ano, a pasta gastou R$ 4 milhões em reparos no Jaburu. Outra barragem na lista da ANA é Lima Campos, em Icó. Construída em 1932, necessita de constante manutenção.

De acordo com Teixeira, a SRH notificou os 184 municípios cearenses para que gestores cadastrem todos reservatórios. Ao todo, são mais de 30 mil barragens no Ceará, entre as monitoradas pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e privadas.

"Segurança absoluta não existe em nenhuma barragem. Tem que gerenciar de forma adequada, acompanhar e monitorar. Mas não vai acontecer o mesmo de Mariana e Brumadinho. Nem de longe é um risco tão alto quanto ali nas montanhas de Minas Gerais", pondera. Ele informa que R$ 24,7 milhões entrarão em licitação para realizar mais reparos.

Ter reservatórios em alto risco significa, conforme Oscar Cordeiro, diretor de regulação da ANA, estar com algum tipo de dano físico ou má administração. "A classificação leva em conta essencialmente características de conservação. Vemos se é um projeto antigo que não tem informações atualizadas e, de fato, problemas estruturais".

Segundo ele, a classificação está ultrapassada. "Estamos trabalhando para modificar esses critérios. Temos que lembrar que Brumadinho não tinha alto risco, mas olha o que causou".

OITO AÇUDES
As barragens listadas como tendo alto risco, além do Jaburu (Ubajara), são: Ayres de Sousa (Jaibara, em Sobral), Forquilha, Frios (em Umirim), Lima Campos (em Icó), Paulo Sarasate (Araras, em Varjota), Pompeu Sobrinho (Choró) e Várzea do Boi (Tauá). O arquivo 2017 da ANA está disponível no site da agência. O Povo

Confira as mudanças no horário da coleta de lixo domiciliar em Juazeiro


A partir do dia 1º de fevereiro, Juazeiro do Norte passa a contar com um redimensionamento dos serviços de limpeza em toda a cidade e zona rural. De segunda a sábado, os coletores e caminhões estarão atuando nos bairros com novos horários e a população deve estar atenta aos turnos corretos de recolhimento.

Segundo o coordenador operacional de limpeza da MXM, Cícero Silva (Louro), os dias permanecem os mesmos, o que altera são os horários de coleta. A nova medida é uma forma de otimizar a coleta e potencializar a limpeza tanto na zona urbana, quanto na zona rural.

Com a mudança, a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp) orienta que apenas nos dias de coleta seja depositado o lixo devidamente fechado em frente às residências e comércios, de preferência em lixeiras, evitando assim que animais espalhem os resíduos e sujem as vias públicas, promovendo assim uma coleta mais higiênica, segura e fácil.






Secretaria de Educação do Crato inicia matrículas para a rede pública de ensino


O Governo do Crato, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), iniciou o período de matrículas para a rede pública de ensino da cidade.

Os alunos veteranos poderão se matricular de 21 de janeiro a 1º de fevereiro; já os novatos de 4 a 8 de fevereiro.

A equipe da Educação Municipal informa que as matrículas devem ser realizadas na escola mais próxima à residência do aluno, em dois horários: 7h às 11h e das 13h às 17h.

A documentação necessária para realizar a matrícula são: histórico escolar (original); cópia da certidão de nascimento ou RG e CPF (caso o aluno possua); foto 3 x 4; cópia do cartão do Bolsa Família e do SUS; RG e CPF dos pais ou responsáveis; comprovante de residência; e uma pasta escolar.

O município realiza, ainda, um grande esforço para reinserir no ambiente escolar aqueles alunos que abandonaram os estudos, com a adesão da campanha Fora da Escola não Pode. A Secretaria de Educação pede a colaboração das famílias na buscativa desses meninos e meninas que devem retornar à escola para ter seu direito à educação garantido e efetivado.

Em Crato, Clínica Saúde Mais - Um novo conceito em saúde

Governo municipal garante na Casa Civil pavimentação asfáltica da estrada do Pontal da Santa Cruz, em Santana do Cariri


O principal ponto Turístico de Santana do Cariri, o Pontal da Santa Cruz, um dos lugares de maior visitação da região metropolitana do Cariri, receberá, em breve, a tão sonhada pavimentação asfáltica. A informação foi divulgada pelo prefeito Pedro Henrique Correia nesta quarta-feira, 30. O gestor acompanhado da vice-prefeita Bibiana Sampaio, participou em Fortaleza, de reunião com o Secretário de Relações Institucionais da Casa Civil, Nelson Martins, onde tratou sobre a pavimentação da estrada do Pontal, sonho de todos Santanenses e do gestor também.

Durante o compromisso, o secretário Nelson Martins garantiu que a licitação para o início das obras deve ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano. O encontro mais que institucional, mostra a boa relação entre o governo municipal com o estadual.

Para o prefeito o momento é de gratidão ao governador Camilo Santana que atende a uma reivindicação histórica dos munícipes. Pedro Henrique destaca que a obra possui valor imensurável para a comunidade santanense, pois colabora com o desenvolvimento do município a partir do turismo. “O Pontal da Santa Cruz é o lugar de maior visitação do Cariri e saber que logo teremos o acesso pavimentado me alegra bastante, isso é desenvolvimento para nossa cidade”, disse o prefeito.

O gestor explica ainda que a gestão tem feito os reparos na estrada de acesso ao Pontal. Além disso, o chefe do executivo afirmou que a população é quem ganha com a obra “Só quem ganha é a população, temos trabalhado todos os dias por Santana. Hoje nosso município não é só visto, mas lembrado e isso é muito gratificante”, comentou.

Família é executada dentro de casa na Jacarecanga; criança e adolescente são poupados por criminosos

(Foto: Leábem Monteiro)

Três pessoas de uma mesma família foram executadas dentro de casa no Bairro Jacarecanga, em Fortaleza, na madrugada desta quinta-feira (31). Por volta das 4h, homens em três carros pararam em frente ao local, um conjunto de quitinetes na Rua Tirol, invadiram o imóvel e executaram pai, mãe e filho, que estavam no terceiro andar do prédio, segundo a polícia.

Uma criança de 11 anos e um adolescente de 14, filhos de Janaína, estavam na casa. Os dois foram deixados em um quarto e "poupados" pelos criminosos. 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), as vítimas foram identificadas como Francisco Adriano do Nascimento Gregório (37), Janaína Carneiro da Silva (32) e Anderson Mendes do Nascimento (18), pai, mãe e filho, respectivamente.

Francisco Adriano tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo e receptação, de acordo com a SSPDS-CE. De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, ele havia deixado a prisão há três semanas e estava usando uma tornozeleira eletrônica

Pai e filho morreram no local. Janaína chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

De acordo com investigadores, o Francisco Adriano é ligado ao tráfico de drogas e o crime estaria relacionado a briga entre facções. Na parede da casa foi pichado "GDE 745", referência ao grupo criminoso Guardiões do Estado. A área onde houve o triplo homicídio é dominado pelo Comando Vermelho (CV), ainda conforme e polícia. Os assassinos também escreveram que iriam voltar.

Antes de deixar o local, os executores ainda arrastaram os corpos para o segundo andar do imóvel.

Os casos estão sendo investigados pela 4ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Triplo homicídio pode estar relacionado a outro assassinato na Barra do Ceará
O triplo homicídio na Jacarecanga pode estar relacionado a outro assassinato ocorrido minutos depois na Barra do Ceará. Um homem e uma mulher foram as vítimas. A polícia informou que os criminosos atuaram da mesma forma nos dois casos, chegando à residência em carros e invadindo o local para executar as vítimas.

Conforme a SSPDS-CE, a vítima foi identificada como Adenilton Gadelha dos Santos (22), conhecido como "Natalino". Ele tem antecedentes criminais por homicídio, roubo e corrupção de menores.

Neste caso, "três homens usando balaclavas entraram em uma casa situada na Rua do Leme, e efetuaram os disparos contra Adenilton, que veio a óbito no local", informou a secretaria. Equipes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e do DHPP foram ao local realizar os primeiros levantamentos. As investigações estão com a 8ª delegacia do DHPP.     Diário do Nordeste

URCA realiza colação de grau nesta quinta-feira (31), em Crato


A Universidade Regional do Cariri (URCA) realiza nesta quinta-feira, às 19h30, a solenidade de Colação de Grau do primeiro semestre de 2018, com 549 formandos de 19 cursos da instituição, além do Programa Especial de Formação Pedagógica e do PROCAMPO, no Ginásio Poliesportivo, campus do Pimenta, em Crato.

A cerimônia será presidida pelo Reitor, Prof. Dr. José Patrício Melo. Estarão presentes Pró-reitores, Diretores de Centro, Coordenadores e docentes da Instituição, para prestigiar o evento, no qual serão formados profissionais destinados ao mercado de trabalho, no intuito de prestarem um serviço qualificado à sociedade do Cariri e cidades de estados vizinhos.

O Vice-reitor da URCA, professor Lima Júnior, destaca a importância do momento para Instituição. ”Amanhã a URCA entrega à sociedade, profissionais das diversas áreas de conhecimento, estes juntamente com seus familiares serão as estrelas da festa e nós, professores, servidores e estudantes temos dado nossa contribuição para o grande papel que este ato representa” afirma.

A URCA já formou mais de 27 mil egressos ao longo de 33 anos de história na Região do Cariri e Centro-Sul do Estado. Os novos formandos são dos cursos de Artes Visuais, Biologia, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, Direito, Enfermagem, Educação Física, Engenharia de Produção, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia, Teatro e Tecnologia da Construção Civil.

Diário Oficial publica novos valores de serviços dos Correios


(Foto: Marcello Casal jr)
Os Correios reajustaram hoje (31) as tarifas de alguns dos serviços. A tabela com os novos preços está publicada no Diário Oficial da União.

O telegrama nacional redigido pela internet, por exemplo, passou de R$ 8,15 por página, para R$ 8,19. O preço dos primeiros portes da carta comercial e a carta não comercial permanecerão os mesmos, de R$ 1,95 e R$ 1,30, respectivamente. A correção média deste ano, de 0,3893%, também não incide sobre os segmentos de encomendas e marketing, que são concorrenciais.

De acordo com a Portaria nº 349/2019, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o reajuste, válido para serviços nacionais e internacionais, tem por base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de outubro a dezembro de 2018.   Agência Brasil

Faltava trabalho para 26,976 milhões de pessoas no País no trimestre até dezembro


A renda média aumentou 0,6%, para R$ 2.254,
R$ 13 a mais que o salário de um ano antes
Faltou trabalho para 26,976 milhões de pessoas no País no trimestre encerrado em dezembro deste ano, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa composta de subutilização da força de trabalho recuou de 24,2%no trimestre até setembro de 2018 para 23,9% no trimestre até dezembro deste ano. 

O indicador inclui a taxa de desocupação, a taxa de subocupação por insuficiência de horas e a taxa da força de trabalho potencial, pessoas que não estão em busca de emprego, mas que estariam disponíveis para trabalhar. No trimestre até dezembro de 2017, a taxa de subutilização da força de trabalho estava mais baixa, em 23,6%.

Segundo os dados do IBGE, faltou trabalho em média para 27,401 milhões de pessoas em 2018, uma alta de 3,4% em relação ao desempenho de 2017. A taxa de subutilização média da força de trabalho foi de 24,4% no ano de 2018.

Massa de salários
De acordo com o IBGE, a massa de salários em circulação na economia cresceu R$ 3,355 bilhões no período de um ano, para R$ 204,592 bilhões, uma alta de 1,7% no trimestre encerrado em dezembro de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, puxada pelo aumento no número de pessoas trabalhando

Na comparação com o trimestre terminado em setembro deste ano, a massa de renda real subiu 1,3%, com R$ 2,586 bilhões a mais. No mesmo período, 381 mil postos de trabalho foram criados.

O rendimento médio dos trabalhadores ocupados teve ligeira alta de 0,8% na comparação com o trimestre até setembro, R$ 17 a mais. Em relação ao trimestre encerrado em dezembro do ano passado, a renda média subiu 0,6%, para R$ 2.254, R$ 13 a mais que o salário de um ano antes.  Estadão

Parcela única do IPVA 2019 vence nesta quinta-feira (31)


Vence nesta quinta-feira (31) a parcela única do IPVA 2019 com o desconto de 5% sobre o valor total do tributo. Este ano, 2.271.067 veículos serão tributados, com uma previsão de arrecadação de R$ 1.001.864.000,00, sendo que 50% desse valor pertence ao Tesouro Estadual e os outros 50% são destinados aos municípios cearenses.

Em 2019, a redução média, com relação a 2018, foi de 3,79%. O maior IPVA a ser pago no Estado será de R$ 35.788,17, referente a uma Ferrari 2010. Já o proprietário de um buggy 2004, pagará o menor imposto, R$ 23,72.

Este ano, o parcelamento continuará sendo feito em cinco pagamentos iguais. Quem decidir por parcelar o desembolso – sem nenhum abatimento especial – deverá pagar as parcelas, que não podem ser inferiores a R$ 50,00, no dia 8 dos meses de fevereiro, março, abril e maio e 10 de junho. Como em 2018, o IPVA 2019 poderá ser pago nos cartões de crédito vinculados ao Banco do Brasil ou Bradesco.

Para chegar aos valores constantes nas tabelas do IPVA, a Secretaria da Fazenda do Estado considerou a tabela divulgada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que expressa os preços médios de mercado dos veículos, efetivamente praticados por Estado, e consulta ao Sindivel (Sindicato dos Revendedores de Veículos Automotores do Ceará).

Em 2019, a Sefaz não fará envio de boletos pelos Correios. Todos os boletos para pagamento encontram-se disponíveis aos contribuintes no site da Secretaria (www.sefaz.ce.gov.br). A rede arrecadadora do IPVA inclui o Banco do Brasil, a Caixa Econômica, o BNB, Bradesco, casas lotéricas e Farmácias Pague Menos.

Lideranças cearenses se articulam em defesa do BNB


O silêncio do governo Bolsonaro em relação ao Banco do Nordeste (BNB) acendeu o sinal de alerta de lideranças cearenses. Embora ainda não haja oficialmente nenhuma proposta concreta da equipe econômica em relação à instituição, a recente declaração do secretário de Desestatização e Desinvestimentos, Salim Mattar, de que apenas Petrobras, Caixa Econômica e Banco do Brasil devem permanecer como estatais, aliada à demora na nomeação da nova diretoria do banco, reforça as especulações sobre o futuro dos bancos de desenvolvimento regional.

A preocupação é que tanto uma eventual privatização, extinção ou incorporação por instituições maiores como o Banco do Brasil ou o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), necessariamente, impliquem riscos reais para o combate às desigualdades regionais.

Em 30 anos, somente com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), gerido pelo BNB, foram investidos em torno de R$ 250 bilhões no Norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo e no Nordeste. Metade destinada a mini, micro e pequenos empreendimentos.

"Seria uma irresponsabilidade grande acabar com um banco superavitário e que tem um caráter social gigantesco", afirmou o deputado federal eleito, Capitão Wagner (Pros-CE).

Ele disse que irá aproveitar a reunião da bancada com a equipe econômica sobre a reforma da Previdência, prevista para ocorrer na semana que vem, para também tratar do tema.

O assunto também deve pontuar o discurso de posse do deputado federal da oposição, José Guimarães (PT-CE). "Ainda vamos tomar posse, mas temos que reagir à altura de qualquer ameaça. A bancada do Nordeste, e não só do Ceará, não pode deixar que esta manobra aconteça, porque seria um atentado contra a Região que até pouco tempo foi ponta de lança do crescimento do País".

Ele reforça que os parlamentares podem ter um papel fundamental neste processo, principalmente, se a ideia do Governo for extinguir as instituições ou os fundos constitucionais, pois o processo teria que passar pelo Congresso.

O presidente da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), Freitas Cordeiro, diz que embora os empresários estejam otimistas quanto à assertividade das medidas econômicas do Governo, qualquer incerteza em relação ao papel do BNB será ponto de discordância. "Vamos resistir enquanto pudermos. Até porque hoje o crédito dos bancos regionais é o único contraponto que temos em termos de diferenciação ao Sul e Sudeste do País".

Números do BNB

Em 2018, o BNB registrou volume histórico de R$ 41,4 bilhões emprestados.

Deste total, R$ 30,3 bilhões foram contratados via FNE, e o restante pelas linhas de microcréditos Crediamigo (R$ 8,7 bilhões) e Agroamigo (R$ 2,4 bilhões). Alta de 56% em relação a 2017.

Com 72,6 mil operações, o Ceará foi o terceiro estado que mais recebeu recursos oriundos do banco. Atrás da Bahia e do Maranhão.

Pelo FNE, foram R$ 3,7 bilhões em 2018.

Para 2019, o orçamento previsto do FNE é de R$ 23,7 bilhões.  O Povo

Sefaz prorroga prazo para comércio aderir ao sistema de emissão de notas

Sede da Sefaz

A Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz) prorrogou os prazos para o comércio adquirir o novo sistema de emissão e equipamento para as notas fiscais eletrônicas. O modelo vai garantir ao órgão o conhecimento das transações com cartão realizadas no Estado em tempo real.

Para o programa do Módulo Fiscal Eletrônico (MFE), que tinha data de adesão até 31 de julho, o empresário terá 60 dias a mais. Já o tempo de troca do maquinário sofreu extensão de 18 meses para dois anos.

A decisão ocorre após relatos de lojistas sobre a morosidade do novo procedimento, que substitui o Emissor de Cupom Fiscal (ECF), causando transtornos aos consumidores. A mudança de prazos foi definida em reunião a portas fechadas, nesta quarta (30), no Palácio da Abolição. Estiveram presentes empresários, a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, e o chefe da Casa Civil, Élcio Batista.

Entre as medidas acertadas, também está a adequação do uso do software para liberar o fluxo. Ocorre que a transmissão de dados das empresas para a Sefaz é feita via um integrador (software) instalado no equipamento. Segundo a secretária, o processo provocava lentidão e travamento do sistema.

"O integrador continua, pois é uma invenção do Ceará e tem sido buscado por outros estados porque é uma alternativa excelente de combate à sonegação. A gente não pode abrir mão dele. O que acontecerá é que ele ficará dentro da máquina no segundo plano. Ou seja, continua fornecendo os dados e controle para Sefaz, mas não trabalha no ciclo de vendas", detalha.

Severino Ramalho Neto, presidente do Mercadinhos São Luiz, foi um dos prejudicados pela falha na transmissão dos dados. Recentemente, o empresário pediu desculpas publicamente pelos contratempos nas lojas em que o sistema está ativo. "O primeiro entrave, que é tecnológico e tem acarretado dor de cabeça para os nossos clientes, acreditamos que será vencido, mas ainda é uma mudança que vai acontecer e vai passar por testes", diz.

Honório Pinheiro, diretor-presidente do Pinheiro Supermercado e primeiro vice-presidente na Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) e na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, reiterou que o encontro solucionou os impasses técnicos. "Acreditamos que a pauta está tratada", avalia. Desde que passou a ser exigido, o sistema foi implantado em 20 mil estabelecimentos, totalizando 30 mil módulos no Estado.

Maurício Filizola, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-CE), destaca que solucionar a questão técnica é fundamental evitar prejuízos não apenas financeiros como também de imagem e relacionamento com o cliente. Outras duas reuniões ainda serão realizadas com a Tecnologia da Informação (T.I) da Sefaz e as empresas que desenvolvem o sistema para explicar sobre a atuação do software. O Povo

Caixa pode vender suas quatro subsidiárias até 2020


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou nesta quarta-feira (30) que o objetivo de sua gestão é vender todos os quatro ativos não essenciais do banco público - gestora de recursos, loterias, seguros e cartões - e também listar os papéis na bolsa em Nova York.

O executivo acredita que ao menos duas destas empresas devem fazer a abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) neste ano e, em uma "previsão conservadora", até junho de 2020 todas estas companhias devem estar com capital aberto.

No discurso de posse, o executivo havia afirmado que o objetivo era vender as quatro empresas durante os quatro anos do governo de Jair Bolsonaro (PSL), mas após suas primeiras semanas no comando do banco, encurtou o prazo para meados do ano que vem.

A empresa de loterias do banco, afirmou Guimarães, tem chances de ser a primeira a lançar ações, pois já está mais preparada, disse durante palestra em evento com 650 investidores, empresários e analistas promovido pelo Credit Suisse. Ele ressaltou que o objetivo das operações não é vender 100% das subsidiárias, mas uma fatia menor e, em um segundo, uma opção é fazer uma oferta subsequente (follow-on, pelo jargão do mercado financeiro).

"Não penso que IPOs têm que ser 30%, 40% ou 50%, prefiro fazer menor." Operações menores, disse ele, conseguem atrair mais pequenos investidores. Sobre o IPO da própria Caixa, Guimarães disse que é uma decisão do ministro da Economia, Paulo Guedes. Seu mandato no banco público, disse ele, é vender as subsidiárias. O executivo ressaltou ainda que a privatização da Caixa não está em discussão no governo.

Guimarães comentou não gostar do modelo de joint venture para o banco e acredita que o mais viável é vender as empresas por meio de ofertas de ações. O executivo prometeu um choque de gestão no banco. Ele destacou que só o fato de abrir o capital pode ajudar o lucro de algumas das subsidiárias aumentar em 50%.  Estadão

Barbalha fica no empate, garante título simbólico e vaga na Copa do Brasil


Bruno Paraíba marca o sexto gol e empata
com Edson Cariús na briga pela artilharia.
O Barbalha conseguiu coroar a bela campanha na primeira fase do Campeonato Cearense. O time empatou com o Ferroviário, por 1 a 1, e garantiu o primeiro lugar na fase inicial da competição. A Raposa foi beneficiada pela derrota do Atlético Cearense, para o Guarany de Sobral, por 1 a 0. Com o fim da primeira fase, o Barbalha ficou com o título simbólico e o troféu Sérgio Pinheiro. O troféu será entregue na estreia do clube na segunda fase, com mando de campo.

O Barbalha passou todo o jogo com as melhores chances. A equipe pressionou bastante, mesmo demonstrando grande ansiedade, em um jogo que faltou qualidade técnica. Mas, foi o Ferroviário quem abriu o placar. Em um contra-ataque rápido, o Tubarão da Barra fez 1 a 0 com Isaac. Porém, a Raposa Caririense conseguiu empatar com um golaço de Bruno Paraíba. Com o gol, o Barbalha se manteve no topo da tabela e Bruno Paraíba, chegou a seis gols marcados, a mesma marca do artilheiro Edson Cariús.

Em sete jogos, o Barbalha venceu quatro, empatou três e não perdeu na competição. O time fez 12 gols e sofreu 5 gols. Tem a segundo melhor ataque e a segunda melhor defesa. O próximo objetivo da Raposa Caririense é conseguir a vaga na Série D do Brasileiro. Site Badalo

Guarani confirma péssima campanha e é rebaixado para a Série B do Cearense


Além da queda, o coice. Este ditado popular combina bem com o momento do Guarani de Juazeiro no último jogo da primeira fase do Campeonato Cearense. O time tinha que vencer o Iguatu, já rebaixado, e torcer para que o Horizonte perdesse para o Floresta. O problema é que mesmo com mudanças na equipe, o Leão do Mercado não conseguiu vencer. Pelo contrário, o time perdeu de 3 a 0 para o Iguatu e ainda viu o Horizonte empatar com o Floresta. Com o resultado, o Guarani terminou na lanterna com apenas 4 pontos, enquanto o Iguatu foi para cinco pontos.

A campanha do Guarani justifica o rebaixamento. O Leão do Mercado teve o pior ataque com apenas 1 gol e a segunda pior defesa com 12 gols. Neste último quesito, o time só não foi pior que o Iguatu que sofreu 15 gols.

Agora o interior perde duas vagas na elite do futebol cearense. O Iguatu do Centro-Sul e o Guarani do Cariri vão ter jogar a Série B do Cearense do ano que vem. Site Badalo

Capitalização na Previdência pode ter contribuição de 8,5% das empresas


Atualmente, o trabalhador paga ao INSS entre 8% e 11% do salário
O sistema de capitalização na Previdência Social - modelo no qual o trabalhador poupa numa conta individual para a sua aposentadoria e que deve constar da proposta de reforma em elaboração no governo - deve contar também com a participação dos empregadores.  A equipe econômica estuda uma forma de que a contribuição das empresas seja menor que a feita hoje, no atual sistema, para não onerar muito o caixa.

Uma das possibilidades em estudo é que, na capitalização, os empregadores contribuam com o equivalente a 8,5% do salário do empregado - no regime atual, essa contribuição do empregador é de 20%.

Os segurados, por sua vez, também pagariam 8,5%, garantindo uma contribuição total de 17%, que, na avaliação da área econômica, garante uma poupança suficiente para manter a renda do trabalhador na sua aposentadoria. Hoje, o trabalhador paga ao INSS entre 8% e 11% do salário. A participação dos empregadores no sistema foi informada na última quarta-feira (30).

Já está certo que a criação do sistema de capitalização, uma bandeira do ministro da Economia, Paulo Guedes, estará prevista na Proposta de Emenda da Constituição (PEC) que será enviada ao Congresso. O seu funcionamento, porém, será regulamentado numa segunda etapa da reforma.

A capitalização, porém, só vai valer para quem ainda vai entrar no mercado de trabalho - a data de início do sistema não está definida. E trabalhadores com renda mais baixa devem ficar de fora desse sistema. 

O modelo de contribuição de 8,5% para empresas e empregados atende à orientação dada por Guedes de desonerar o setor produtivo e garantir mais emprego, desestimulando a "pejotização" dos trabalhadores - fenômeno em que trabalhadores mais qualificados deixam de ser contratados como pessoa física e passam a prestar serviço como pessoa jurídica.

Dessa forma, os empregadores pagam menos contribuição sobre a folha de salários e os trabalhadores, menos Imposto de Renda. Se o governo bater o martelo nessa contribuição conjunta será diferente do praticado no Chile, onde só os trabalhadores contribuíam e os benefícios acabaram ficando abaixo do necessário para garantir uma renda mínima.    Estadão

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Açude Germinal, em Pacoti, sangra nesta quarta-feira (30)


Açude Germinal, em Pacoti, sangrou nesta quarta-feira (30).
O açude Germinal, em Pacoti, começou a sangrar nesta quarta-feira (30). O reservatório tem capacidade para 2,11 hectômetros cúbicos de água. Outros dois, o Cocó e o Jenipapo, também estão com mais de 90% do volume. 

Segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), também foram registrados aportes em 17 açudes do Ceará. O destaque foi para o Jaburu I, em Ubajara. 

O aumento do volume dos reservatórios foi proporcionado pelas chuvas, registradas em 50 postos pluviométricos monitorados pela Funceme. 

Em Iguatu, por exemplo, houve chuva de 59 mm, nesta terça-feira (29). Já em Acopiara, foi registrada precipitação de 58 mm. 

Os 155 açudes cearenses têm capacidade para 18,62 bilhões de metros cúbicos. Atualmente, o volume está em 1,95 bilhões m³, o que corresponde a 10,49% da capacidade. 105 dos reservatórios estão com volume abaixo de 30%.  Diário do Nordeste

Verdão do Cariri realizará 1ª Corrida do Icasa nas comemorações dos 56 anos


Kits que serão entregues
A 1ª Corrida/Caminhada do Icasa acontece no próximo dia 5 de maio e será parte das comemorações do aniversário de 56 anos do clube, fundado em 1º de maio de 1963. A homenagem, através do esporte na modalidade atletismo visa expandir a prática desportiva dessa modalidade na Região do Cariri.

O evento será realizado pela Escolinha de Atletismo “Os Voluntários”, com o apoio do Demutran de Juazeiro do Norte, secretária Municipal de Saúde, Policia Militar, Tiro de Guerra, Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros e Federação Cearense de Atletismo.

Poderão participar da corrida atletas de ambos os sexos. Para se inscrever os interessados devem apresentar condições físicas satisfatórias, mediante assinatura de termo de responsabilidade, no ato da inscrição, constante neste regulamento.

As inscrições poderão ser feitas até 15 de abril de 2019, pela a internet no site www.cronoscariri.com.br e presencial no CT Praxedão (Campo de treinamento do ICASA) e na Loja Bellas Tur, na Rua do Cruzeiro, Bairro Centro, em horário comercial.

No ato da inscrição será exigida a carteira de identidade ou certidão de nascimento (original ou cópia autenticada), para menores de 18 anos será exigida a assinatura dos pais ou responsável.

Taxa de inscrições com direito as receber um kit com blusa, mochila, viseira e squeeze.

1º LOTE 01/02 a 15/03 – R$ 90,00 / 2º LOTE 16/03 a 15/04 – R$ 110,00 (ou até completar as 500 inscrições). A entrega dos kits será no CT Praxedão dia 4 de maio de 2019, a partir das 9h até às 18h.

Mais informações com Cícero Lacerda - (088) 99939.5753 Tim / lacerdafamab@hotmail.com / icasa1963@gmail.com.  Site Miséria

SENAI abre 2.394 vagas em cursos técnicos e qualificação


O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) no Ceará está com 2.394 vagas abertas para cursos presenciais e à distância.

São 2.222 vagas em 103 cursos presenciais nos períodos vespertino e noturno e 172 vagas para 4 cursos na modalidade EAD (Educação a Distância).

Em Juazeiro do Norte estão disponíveis diversas vagas em 20 cursos diferentes: Técnico em Administração,  Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Mecânica, Supervisor Industrial, Torneiro Mecânico, Eletricista Industrial, Corte e Costura feminina, Excel Avançado, Gestão de Sistema Logístico, Informática Básica, Instalação e Manutenção de Condicionar do Ar Split Hi-Wall, Soldagem em Aço Carbono, Operação de Empilhadeira, Reciclagem para Operador e Operações de Fresagem.

Em outras unidades do SENAI no Ceará também é possível encontrar os cursos de Corte e Costura em Lingerie, Cortador De Roupas, Ateliê de Luxo em Moda Feminina, Controladores Lógicos Programáveis - Clp, Mecânico De Manutenção De Ar Condicionado, Soldagem Tig Em Aço Carbono - Chaparia, Comandos Elétricos, Mecânico De Manutenção Em Máquinas Industriais, Autocad 2D, Eletricista Industrial, Operações de Fresagem, Mecânico de Veículos Diesel, Operação em Guindauto, Montagem De Sistemas Fotovoltaicos, entre outros.

Para mais informações acesse o site do SENAI Ceará: www.senai-ce.org.br. Site Miséria

Agente sanitária morre ao cair no fosso de elevador no Centro de Fortaleza


Uma agente sanitária morreu ao cair no fosso de um elevador no sexto andar de um prédio do Centro de Fortaleza, no fim da manhã desta quarta-feira (30). Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima acionou o elevador, as portas abriram, mas o equipamento continuou no térreo. Sem notar, ela caiu no fosso. 

Mara Sousa dos Santos, de 55 anos, foi ao prédio para realizar atendimento em um dos apartamentos. 

A perícia, que esteve no local, informou que não foi constatado nenhum documento de inspeção predial ou de manutenção do elevador. O síndico do prédio não compareceu no edifício, segundo a polícia.

Os Bombeiros foram acionados às 10h40, mas quando chegaram ao local, Edifício Residencial Pimentel, de nove andares, na Rua Pedro Pereira, esquina com a Rua Princesa Isabel, já encontraram a mulher sem vida.

"Pessoa iluminada, guerreira e competente" 
A agente trabalhava no Posto Paulo Marcelo, no Centro. Os Sindicatos dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias no Estado do Ceará (Sinasce) e dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Ceará (Sindsaúde) lamentaram a morte de Mara.

“Mara Santos será sempre lembrada como uma pessoa iluminada, guerreira, simpática e competente que amava seu trabalho e era fervorosa torcedora do Fortaleza. Lamentamos profundamente o falecimento da companheira. O Sinasce está se colocando à disposição da família e deseja que Deus dê o seu conforto nessa perda tão trágica”, publicou o Sinasce.

"A Direção do Sindsaúde lamenta o ocorrido e se solidariza aos familiares e amigos da ACS Mara Santos", disse o Sindsaúde.   Diário do Nordeste

Sobe para 99 o número de mortos e há 259 desaparecidos em Brumadinho


Sobe para 99 o número de mortos e há 259 desaparecidos
em Brumadinho. (Foto:  Reuters/Washington Alves)
A Defesa Civil de Minas Gerais atualizou, no final da tarde hoje (30), em 99 o número de vítimas do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte, identificadas pelo Instituto Médico Legal (IML). O último balanço da corporação registra 259 desaparecidos.

De acordo com a Polícia Civil, dos 99 mortos, 57 foram identificados. A orientação é que as famílias não compareçam ao IML e, sim, comuniquem-se via internet e redes sociais.

Segundo a Defesa Civil, cinco dias após o desastre causado pelo rompimento da barragem, ainda há regiões de Brumadinho que sofrem com a falta de energia.

O tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador da Defesa Civil, disse que os trabalhos na região da mina do Córrego do Feijão começaram por volta das 4h da manhã.

A barragem B6, com água, segue monitorada 24 horas por dia, segundo o órgão, sem risco de rompimento. Um plano de contingência, entretanto, foi elaborado de forma preventiva.
Conforme o balanço, foram localizados 225 funcionários da Vale, 168 terceirizados ou moradores da comunidade. Ainda não foram localizados 101 empregados da mineradora. Dez pessoas estão hospitalizadas e são 264 desabrigados.

Choveu hoje durante parte do dia. Entretanto, segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, a água não “afetou significativamente o nível de água da barragem”, permanecendo uma “situação garantida de segurança”.

Buscas
Aihara informou que as buscas de hoje tiveram como foco a área do antigo refeitório da Vale. O monitoramento, acrescentou, ocorre em toda a área por onde os rejeitos se espalharam, coberta a partir de grupos distribuídos em 18 pontos.

Hoje tropas enviadas de São Paulo já começaram a atuar. Elas foram espalhadas em seis pontos de monitoramento. As atividades também foram reforçadas por 58 voluntários, que ficam nas imediações e contribuem na verificação de vestígios de corpos.

Reforços
Amanhã (31), serão incorporadas aos trabalhos de buscas tropas vindas de Santa Catarina e do Espírito Santo. Quanto aos militares israelenses, o porta-voz do Corpo de Bombeiros informou que a previsão da participação deles é até sexta-feira e que a continuidade será discutida “em nível de governo”.

O grupo vai receber também o apoio do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar de Minas Gerais. “Já temos 16 pelotões de 25 PMs. São militares especialistas que vêm complementar pontos específicos de difícil acesso. A ideia é de progressão em espiral para que consigamos verificar todas as áreas”, explicou o Major Flávio Santiago, da PM estadual.

Investigações
O delegado da Polícia Civil Arlen Bahia informou que foram realizados hoje 35 atendimentos no Instituto Médico Legal (IML). Ela acrescentou que agentes da corporação começaram a formalizar a “coleta de provas subjetivas”, ouvindo sobreviventes. E que esta atividade seguirá dentro das investigações.

Questionado por jornalistas, o delegado mineiro pontuou que ainda “é muito prematuro chegar a uma conclusão”.    Agência Brasil