blog

blog

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Região Metropolitana de Sobral oficializada

Image-0-Artigo-2247071-1
Sobral reforça sua imagem de metrópole, onde convergem pessoas de toda a região em busca de oportunidade ( Foto: Marcelino Júnior )
Sobral. A notícia divulgada na quarta-feira (24), do reconhecimento, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de Sobral e outras 17 cidades como a terceira Região Metropolitana no Ceará, além das regiões de Fortaleza e do Cariri, chamou a atenção de Edmilson Carneiro Liberato, comerciante de estivas que atua na região Norte há 31 anos. Edmilson acredita que, mesmo já sendo considerada polo de desenvolvimento, a cidade ainda precisa investir em melhorias, tanto em infraestrutura, quanto em subsídios, para atender a demanda que surgirá com a mudança.
A Lei Estadual que estabelece a Região Metropolitana de Sobral é de 2016, sendo reconhecida pelo IBGE esta semana, na data de divulgação da atualização semestral das regiões, pelo órgão, que enfatiza a importância de os municípios atuarem em conjunto para facilitar a organização, planejamento e a execução de funções públicas de interesse comum. Além de Sobral, compõem a nova Região Metropolitana Massapê, Forquilha, Coreaú, Moraújo, Groaíras, Reriutaba, Varjota, Cariré, Pacujá, Graça, Frecheirinha, Miraíma, Meruoca, Alcântaras Senador Sá, Uruoca e Santana do Acaraú.
O Projeto de Lei Complementar apresentado à época (agosto de 2016), pelo então deputado estadual Ivo Gomes (PDT), no plenário da Assembleia Legislativa, favoreceu a criação da Região Metropolitana de Sobral (RMS), além do Conselho de Desenvolvimento e Integração dessa região. "Tudo que for pensado em qualquer esfera de desenvolvimento nesses municípios parceiros terá que ser adequado ao interesse comum. Sobral, estando à frente desse novo desafio, reforça sua imagem de metrópole, onde convergem pessoas de toda a região em busca de oportunidade", afirmou Artur Parente Frota, chefe da Agência do IBGE em Sobral.
"Agora caminhamos, entre outras ações, para a busca de financiamento junto do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na elaboração e execução do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana, que trará mudanças significativas a todos os municípios agregados a essa nova realidade", afirmou secretário das Cidades do Ceará, Jesualdo Farias. "Com cerca de R$ 4 bilhões, Sobral se coloca como o maior PIB do interior do Ceará, enfatizando sua importância para a região Norte. Mas, em geral, todos os municípios envolvidos serão beneficiados na alocação de recursos para uma série de melhorias", disse Raimundo Inácio Neto, secretário do Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Sobral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário