blog

blog

terça-feira, 16 de maio de 2017

Zona Norte: assaltantes atacam Hospital Municipal de Ipu



Ipu-CE; Antônio Clecio Barros Ribeiro, de 29 anos, foi preso, acusado de assaltar o hospital da cidade de Ipu, onde mora.

Ipu- O assalto ao Hospital Municipal de Ipu, no Norte do Estado, ocorreu por volta das 13h, desse domingo, dia 14, quando as pessoas que se encontravam nas dependências do hospital foram abordadas por dois homens, que chegaram numa motocicleta, pelo estacionamento da Unidade de Saúde. Os dois, de acordo com declaração prestadas à Polícia, pelas vítimas do assalto, simularam ter sofrido um acidente. Um deles mancava de uma perna, enquanto o outro segurava um dos braços, também fingindo estar machucado.
Assalto
Encaminhados à enfermaria, os assaltantes anunciaram o roubo, entrando em várias salas da unidade, onde tomaram aparelhos celulares, dinheiro e outros pertences das vítimas, que fizeram Boletim de Ocorrência, nesta segunda-feira, dia 15, na Delegacia Municipal de Ipu, onde informaram que nem o necrotério foi poupado.
Ocorrência
De acordo com informações colhidas em depoimento, os assaltantes abordaram uma família que se encontrava no necrotério acompanhando o trâmite para liberação do corpo de um parente, assim como amigos, que se encontravam no local e também foram assaltados. Segundo o agente administrativo Leandro Damasceno, da Delegacia Municipal, “as vítimas disseram que os homens sugeriram portar armas de fogo, mas não mostraram as armas”, afirmou.
Diligências
Acionada, a Polícia Militar de Ipu saiu em diligência e prendeu, ainda no domingo, Antônio Clecio Barros Ribeiro, de 29 anos, um dos suspeitos que, de acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, reside no bairro Alto dos 14, periferia da cidade. As vítimas fizeram o reconhecimento do suspeito, na Delegacia Municipal. O hospital possui circuito interno de segurança, e pelas imagens, o segundo homem também pode ser identificado, de acordo com as investigações. Equipes de policiais já trabalham na captura do outro assaltante. A rotina do hospital segue com normalidade, ainda de acordo com a Polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário