RÁDIO AMBRÓSIO PUBLICIDADES

blog

blog

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Corrida do Rio de Janeiro ao Ceará

Image-0-Artigo-2260689-1
Cícero Damasceno chegou a Santa Quitéria no Dia de São João, conforme o planejado ( Foto: Thiago Rodrigues )
Santa Quitéria. Em clima de festa e de emoção, o maratonista Cícero Damasceno, 56, foi recebido, no sábado, nesta cidade, no Norte do Estado, após vencer o desafio de percorrer cerca de 2.800Km entre o Rio de Janeiro e o Ceará, em 50 dias. A expectativa dos moradores e parentes do corredor era grande. Alguns choraram, correram ao seu lado e queriam abraçá-lo.
Conforme estava prevista, a chegada foi no Dia de São João Batista, pela manhã, por volta das 8h. O clima na cidade era de festa. Muitos usaram camisetas com a frase "Somos todos Cícero". Houve fita de descerramento com placa indicativa de "Chegada". O percurso na cidade foi feito ao som do Hino da Vitória, em homenagem ao ídolo dele e de milhões de brasileiros, Airton Senna. Cícero conduzia a Bandeira do Brasil sobre os ombros e usava um boné com assinatura do campeão do automobilismo.
Emocionado e bastante cansado, mas com forças, Cícero Damasceno agradeceu o apoio dos parentes, dos conterrâneos, da Prefeitura e reforçou a sua mensagem de preservação do meio ambiente. Por onde passou, desde o Rio de Janeiro, a cada 50Km, plantou um pé de Ipê. Em sua cidade natal, repetiu o gesto.
"Foi uma grande superação, um desafio que venci, mas com prazer", frisou. "Todos nós temos dificuldades, mas podemos superá-las". E foi essa mensagem ao lado da preocupação com a agressão ao meio ambiente, que o cearense reforçou. "O objetivo é mostrar ao povo brasileiro que, não importam as dificuldades que apareçam em nossas vidas, sempre há uma saída, e temos de enfrentar desafios", afirmou. "Estou desafiando a mim próprio e ao mesmo tempo representando aqueles que possuem limitação".
Casado, pai de um filho, o maratonista trabalha no Rio de Janeiro, em uma empresa de construção civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário