RÁDIO AMBRÓSIO PUBLICIDADES

blog

blog

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Voltar a ser o 'Alvo'

Hiago volta a formar o ataque tricolor ao lado de Lúcio Flávio ( Foto: JL Rosa )
00:00 · 26.06.2017 por Ivan Bezerra - Repórter
Clique para ampliar
Voltar a ser o "alvo" do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, com um jogo consistente contra o CSA, às 21 horas de hoje no Estádio Rei Pelé, fechando a sétima rodada.
A missão acima é o objetivo principal do Fortaleza, que era o líder do Grupo A, com 13 pontos, agora ultrapassado pelo Botafogo/PB, que tem 14, depois de vencer o Confiança. O adversário de hoje também já foi o líder e está com 11 pontos na terceira colocação, o que dará um ingrediente a mais no duelo dos dois times nordestinos.
Para o técnico do Leão, Paulo Bonamigo, ser líder é virar o alvo dos outros adversários, que tentarão a todo custo destronar quem está na ponta da tabela, mas esse é o caminho que sua equipe vai perseguir nessa primeira fase, ao menos até garantir a classificação às quartas.
Último confronto
Fortaleza e CSA /AL se enfrentaram a última vez em 2010, pela Copa do Nordeste, quando o time de Alagoas saiu vencedor. Pela Série C, jogaram nos anos 1990 e agora voltam a se encontrar num duelo de dois candidatos à classificação no Grupo A.
Para o técnico do Leão, Paulo Bonamigo, este é mais um desafio importante para a sua equipe, que está em fase de amadurecimento na competição. "Será um excelente teste, contra todas as adversidades que iremos enfrentar, para mostrar o equilíbrio em que nossa equipe se encontra. Vamos enfrentar um concorrente direto pela liderança e uma equipe de qualidade, por isso, esperamos entrar fortes e motivados para conseguir o resultado a nosso favor", disse Bonamigo. O comandante do Leão disse ainda que o crescimento de sua equipe é um processo gradativo nessa primeira fase, mas admitiu o equilíbrio da competição: "As equipes estão muito equilibradas e será muito difícil o Fortaleza dominar um adversário os 90 minutos", completou o treinador tricolor.
Os próprios jogadores do Leão estão encarando como muito difícil esse compromisso fora de casa: "Tem tudo para ser um grande jogo, até então. Será uma grande batalha, mas estamos evoluindo para esses momentos", disse o goleiro Marcelo Böeck. Bonamigo faz três mudanças: saem o zagueiro Edimar, o lateral Bruno Melo e o meia Éverton, os dois últimos por força de cartão. Entraram Rodrigo Mancha, Adalberto e Pedro Carmona.
No CSA, o técnico Ney da Matta tem duas dúvidas: Rafinha ou Raul na lateral-esquerda, Daniel Costa ou Francisco Alex no meio-campo. O resto é o mesmo do empate com o Confiança/SE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário