blog

blog

terça-feira, 27 de junho de 2017

Gasolina varia até 11% no Ceará; 4ª mais cara do País

Image-0-Artigo-2261156-1
Nos postos de Fortaleza, o preço do litro da gasolina varia até 3,7%, sendo comercializado entre R$ 3,77 e R$ 3,89 ( Foto: Kléber A. Gonçalves )
Atualmente, o consumidor cearense pode comprar o litro da gasolina comum por preços que variam de R$ 3,59 a R$ 3,99, uma diferença de 11%. De acordo com o último levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor mais barato está sendo praticado por postos de bandeira branca localizados na cidade de Icó, na região Centro-Sul do Estado. Já o mais caro é encontrado no município de Canindé, no Sertão Central. Os três postos com a gasolina mais em conta do Ceará ficam no município de Icó. Em Canindé, o preço mais elevado é observado em estabelecimento situado no bairro Bela Vista.
LEIA MAIS
O consultor na área de petróleo e gás, Bruno Iughetti, lembra que os preços em toda a cadeia de abastecimento de combustíveis no Brasil, desde as refinarias até os pontos de revenda ao consumidor final, são praticados conforme a livre concorrência do mercado. "Em municípios onde a concorrência é firme, por exemplo, os preços tendem a baixar. Quando não existe tanta concorrência, os valores costumam se acomodar ou subir. No caso de postos de bandeira branca, os empresários compram combustíveis das distribuidoras que oferecem o melhor custo-benefício, por isso, conseguem praticar preços melhores. Já os postos bandeirados têm que respeitar os valores de suas distribuidoras de origem" explica Iughetti.
No Estado, o atual preço médio da gasolina é R$ 3,82, uma redução de 0,7% em relação ao último valor calculado pela ANP. A queda tímida ocorreu em razão da baixa de 2,3% no preço do combustível nas refinarias, anunciada pela Petrobras no último dia 14. Em Fortaleza, o valor médio e o recuo estão no mesmo patamar no Ceará.
Quanto à variação do preço do litro da gasolina comum na Capital cearense, o consumidor encontra o produto a valores que vão de R$ 3,77 a R$ 3,89, uma diferença de 3,7%. Segundo a ANP, dois postos vendem o litro por R$ 3,77 na cidade atualmente, sendo o primeiro de bandeira SP, no bairro São João do Tauape, e o segundo de bandeira Shell, no bairro de Fátima.
Ranking
No ranking nacional, o Ceará aparece com o quarto maior preço médio da gasolina no Brasil (R$ 3,82), atrás do Acre (R$ 4,13), Rio de Janeiro (R$ 3,91) e Pará (R$ 3,84). Os mais baixos estão em São Paulo (R$ 3,32), Distrito Federal (R$ 3,41) e Piauí (R$ 3,42). Na lista dos estados nordestinos, o Ceará conta com o preço mais caro.
Em relação às capitais, Fortaleza tem o terceiro valor médio mais elevado (R$ 3,82), perdendo só para o Rio Branco (R$ 4,04) e Rio de Janeiro (R$ 3,87). Assim como o Ceará, a cidade vende a gasolina mais cara entre as capitais nordestinas.
O último levantamento de preços da ANP foi feito entre 18 e 24 de junho. Em todo o Ceará, foram pesquisados 203 postos de combustíveis, sendo 72 unidades em Fortaleza.
Desde outubro de 2016, a Petrobras pratica uma nova política de definição de preços dos combustíveis, com reuniões mensais para definir os valores da gasolina e do diesel nas refinarias. A última mudança foi no dia 14 deste mês, quando a Petrobras anunciou redução de 5,8% no preço médio do diesel e de 2,3% na gasolina nas refinarias.
Livre mercado
O Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Estado do Ceará (Sindipostos-CE) reforça que o preço dos combustíveis é livre em toda a cadeia do segmento (refinarias, distribuidoras e postos de combustíveis), sendo cada agente econômico desse elo produtivo é quem define os preços de seus produtos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário